Leitura e análise: os gaidens até agora

Pra quem não sabe, a JBC anda publicando os Gaidens de The Lost Canvas, que são histórias solos dos cavaleiros de ouro da geração passada. Como o bom nerd que somos, eu, o Okarin e o Albáfica estamos acompanhando e comprando...
  Com quatro volumes já lançados, sendo eles, o Gaiden de Albáfica, do Kardia, do Dégel e do Manigold, o material é de qualidade, com belas artes, histórias épicas, e aparições de grandes cavaleiros de uma geração ainda mais antiga que a de Lost Canvas... vou solar alguns spoliers a partir daqui:



 No volume de Albáfica, é mostrado seu mestre, e o treinamento pelo qual o veneno do cavaleiro de peixes se torna venenoso, destaque para a inteligência deste treinamento, e o como foi algo épico. Outro ponto a ser citado, é o fato de que o cavaleiro de peixes possui uma casa, afastada do santuário, cercada pelo jardim de rosas venenosas. É lá que o cavaleiro vive e treina.
 O volume de Kárdia tem suas peculiaridades. Nas ultimas páginas aparece um velho que da alguma técnica a Kardia, quando este ainda é uma criança. Pensamos se tratar do mestre do Kardia, mas na verdade se tratava de Krest, o antigo cavaleiro de aquário, mestre de Degél. A técnica que ele deu a Kárdia foi nada mais, nada menos que o próprio mesopetamenos, a técnica usada pelo Dohko para viver por muito tempo... Kardia, porém, não é alguém que queira viver para sempre, ele mesmo disse: " Se não tiver um fim, não dá pra viver intensamente!", este volume conta ainda com a participação da Sasha, e aparições do Dégel.
 O mais épico de todos até agora sem duvidas foi o volume de Dégel. Seu mestre Krest, também possuidor do mesopetamenos, requisita ao cavaleiro de aquário para que responda uma pergunta crucial... Dégel é muito forte, ficou bem claro neste volume. O volume começa com um estilo bem diferente, um baile de máscaras, o que pode parecer estranho de primeira vista... Mas a resposta que Dégel dá a seu mestre, e a forma como ele o faz... simplesmente épico.
  Fechando o post, o volume do Manigold. Gostei muito deste, e para a alegria do meu irmão, o Albáfica voltou a dar as caras neste volume. Manigold passa o volume inteiro com suas piadas sarcásticas,e o que eu acho que foi válido, foi a utilização dos cavaleiros negros, a muito esquecidos pelo Kurumada... mas não pense em copias idênticas de outros cavaleiros, existe uma boa explicação do porque das armaduras negras...
 Aqueles que curtem cavaleiros, como nós três, não podem perder tais volumes...

 Bem, agora vá correndo para o icOcioso, ver o meu outro post...
Leitura e análise: os gaidens até agora Leitura e análise: os gaidens até agora Reviewed by Jyuuken Cronicaex on 15:49:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.