Dark souls



  Em um mundo de trevas e desespero, dominado pelos dragões,surgiu aquilo que mudaria o rumo de tudo: a Primeira Chama, que deu origem as quatro Grandes Chamas , que teriam poder para desafiar os dragões. Os detentores das Chamas eram: Lord Gwyn, senhor do Sol e da Luz, que trouxe consigo seus poderosos e leais cavaleiros. Nito, o patriarca da morte, que a tudo extermina e corrompe, com sua legião de esqueletos soldados e criaturas mortas. Salaman, senhora de Izaith e da Irmandade do Caos. E uma última e esquecida Chama, que pertencia a Pygmy, o progenitor da humanidade, cujo maior sonho era que o mundo fosse regido por humanos, e não por monstros ou divindades caídas... Gwyn, Nito e Salaman se uniram a Seath, o dragão sem escamas, que tariu sua própria raça, e desafiaram os dragões, que deixaram de existir...

 A era das Chamas se deu início, uma era gloriosa, uma era de heróis. Lord Gwyn reinava em Anor Londo, com glória e poder, sendo reconhecido como Lord da Luz Solar. Mas algumas divindades foram expulsas de Anor Londo, pois não haviam lugar para elas.

 Lord Gwyn deu uma parte de sua chama a Seath, o sem-escamas, e outra aos quatro reis de New Londo, para que mantessem a ordem.

 Gwyn se viu então, obcecado por poder. Seath se isolou do resto do reino, em uma busca insana pela imortalidade. Terríveis experimentos fez ele. Um dos resultados foi Prscilla, uma hibrida de dragão com humano, que foi exilada para o mundo pintado de Artemis, um mundo frio e sem vida, onde todas as abominações buscariam refúgio.
 Veio também uma maldição, que ressuscitava a todos os que morriam, os chamados não-mortos, que aos poucos iam perdendo a razão, aos poucos iam se esquecendo de si mesmos, até se tornarem criaturas insanas e sedentas por almas...
 Os quatro reis de New Londo também caíram em desgraça, e seus cavaleiros tornaram-se Darkwraiths, caçadores de almas, e para serem contidos, a cidade foi inundada, os reis atirados no abismo, e o lugar se tornou amaldiçoado.
 Em Izaith, Salaman tentou duplicar sua Chama, o que gerou Bad of Chaos, progenitora de todos os demônios, que se espalharam pelo mundo.

 E então, a Primeira Chama começou a se apagar. Gwyn parte com metade de seus cavaleiros, para reacendê-la, mas ao tentar, a primeira chama queimou a todos, usando a chama de Lord Gwyn como combustível... seus cavaleiros, mortos com ele, ganharam um aspecto negro e disforme, e a ele ficou o título de Lord of Cinder...

 Anor Londo caiu na completa escuridão. Gwynevere, filha de Gwyn, criou uma ilusão, um sol falso, para esconder a verdadeira face da agora obscura cidade. Seath enlouquece, e transforma seus servos em não-mortos de cristal, e ele próprio já se corrompeu, tornando-se um dragão deformado. E o mundo morre aos poucos...

 E então é ai que você surge, um não-morto, preso em Undead Asylium, local para onde os não-mortos são levados, para então serem esquecidos... um cavaleiro, em suas últimas forças, lhe entrega a nobre missão de reacender a chama, e acabar com a maldição. Esse é o universo de Dark Souls, um dos jogos mais difíceis de que se tem notícia, um jogo onde a experiência de um rpg medieval se torna máxima, uma total imersão em um desesperador mundo a beira do fim.

 Jogo este que eu falhei em zerar algumas vezes, mas agora finalmente posso dizer: ZEREI!!! Cinquenta e duas horas de jogo, e eu consegui chegar ao fim... e o que posso dizer? Que jogo!!

 Cada movimentos seu deve ser friamente calculado, qualquer erro é punido, e muitas vezes tal punição é a morte, e com ela, várias horas de jogo. Você realmente sente o peso de cada batalha, o nervosismo diante de cada inimigo, pois cada derrota custa muito caro.

 O jogo passa a maior parte sem musica alguma, apenas os sons do ambiente, garantindo assim, ainda mais tensão, e os mapas variam de esgotos infestados de inimigos, até cidades reluzentes, um rpg hardcore completo, indispensável para qualquer um que se considere um gamer de peso. Apenas uma coisa é certa:

Prepare To Die




Dark souls Dark souls Reviewed by Jyuuken Cronicaex on 16:08:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.