O Casamento Vermelho

 O post a seguir tem spoilers da terceira temporada de Game of Thrones, bem como do terceiro livro



A guerra mexe com as pessoas. Robb Stark acabara de perder Winterfell, junto com a vida de seus dois irmãos mais novos. Vingar seu pai parecia cada vez mais distante. Até que ele encontrou uma motivação para seguir em frente... seu amor por Jeyne/Talisa.
 Quem pode culpar o jovem rei, que nunca perdera uma batalha até então, de ser confiante ao ponto de quebrar seu acordo com os malditos Freys?
 Robb Stark era poderoso em batalha, ao seu lado ia o terrível Vento Cinzento, nada podia fazer frente aos dois. E como o Norte era poderoso. O inverno estava chegando ao sul, trazendo seus estandartes do lobo, do urso, e do homem esfolado...
 Mas a guerra mexe com as pessoas... primeiro os Freys, depois os Karstarks... o exército nortenho começava a sentir a exaustão de se estar tão ao sul, tão longe de casa.Um casamento entre Tullys e Freys parecia uma boa idéia. Era necessário reagrupar, para só então congelar o sul de uma vez.
 E depois de ter vencido tantas batalhas, como Robb poderia esperar ser morto por "amigos" ?                                                                          Serferido no norte, tão longe de seus inimigos sulistas?

 Um casamento que abalou as estruturas de Westeros. Uma traição da qual os deuses escondem a face de vergonha. Tudo que acreditávamos, todas as nossas esperanças... destruídas de uma só vez. Era todo o poder de Tywin vencendo a guerra, sem ganhar uma batalha. Era o Norte...morrendo...




 Catelyn teve seu coração despedaçado. Todos aqueles que ela amava morreram, sem que ela pudesse fazer nada... Ned fora decapitado, Bran e Rickon queimados vivos... Arya estava desaparecida, e Sansa mantida refém... toda sua esperança estava nele, seu primogênito, seu rei, sua espada na escuridão... e quando Roose Bolton cravou a faca em seu peito, toda a chama da vida que havia na impetuosa senhora Stark... se apagou...


    Um homem com uma armadura escura e um manto rosa-claro manchado de sangue aproximou-se de Robb.– Jaime Lannister manda cumprimentos. – Ele espetou a espada no coração do filho de Catelyn e girou.    Por fim, alguém tirou a faca dela. As lágrimas ardiam como vinagre ao correrem por seu rosto. Dez corvos ferozes devastavam seu rosto com garras afiadas, rasgando fitas de carne, deixando profundos sulcos que escorriam, vermelhos de sangue. Sentia o sabor nos lábios.   Dói tanto , pensou. Os nossos filhos, Ned, todos os nossos queridos bebês. Rickon, Bran, Arya, Sansa, Robb... Robb... por favor, Ned, por favor, faça com que pare, faça com que pare de doer... 




O Casamento Vermelho O Casamento Vermelho Reviewed by Jyuuken Cronicaex on 02:01:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.