Hellyeah

Existem bandas que calam fundo em nossas almas. Bandas que nos dão um prazer imenso ao serem descobertas, que nos fazem pensar “como vivi tanto tempo sem isso? ” A superbanda Hellyeah, que conheci recentemente enquanto passeava por clipes de rock no youtube, teve esse impacto sobre mim.


Formada por membros de outras bandas, o Hellyeah de Heavy metal, com influências de groove e metal alternativo, com um som bem pesado, que varia entre vocais mais agressivos em algumas músicas, e um vocal mais melódico em outras. Formada por Chad Gray, vocalista do Mudvayne; Tom Maxwell, guitarrista do Nothingface; Bob Zilla, baixista do Damageplan; Vinnie, baterista ex-Pantera e atual Damageplan; e Greg Tribbett, guitarrista também do Mudvayne. Um supergrupo que começou a gravar em 2006, já tendo cinco álbuns de estúdio.

Conheci a banda com a sensacional Moth, que me ganhou de tantas formas... o clipe, as expressões que Chad Gray faz enquanto canta me passam uma sensação de dor, assim como sua voz, que parece estar carregada de dor e melancolia. E a letra, calou fundo em meu coração. Uma letra poderosa, forte e profunda, sobre a vida, sobre o quão ruim as coisas podem ser.


Não deu outra, já escutei essa música tantas vezes, e ela sempre tem o mesmo impacto. Já era, estava apaixonado pela banda. Já escutei dois dos 5 álbuns deles, escutei Blood for Blood de 2014 e Unden!able de 2016. Ambos são muito bons, e tem essa variação das músicas, algumas são mais agressivas, e outras tem uma carga de sofrimento em sua melodia, por assim dizer. Black December, Hush, Human e Love Falls foram as que mais gostei. Todas carregadas pelos mesmos sentimentos de Moth, com a voz enrouquecida de Chad transmitindo aquilo que está cantando com muita precisão.


É isso meus caros leitores, espero que tenham curtido o som! Nos vemos no próximo post!
Hellyeah Hellyeah Reviewed by Jyuuken Cronicaex on 20:57:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.