Twd - Um lugar que seja seguro

Continuando com a série de posts sobre a hq The Walking Dead, se você não viu a primeira parte, clique aqui.



Após enterrar Shane, o grupo levanta acampamento, e começa sua busca por um lugar mais seguro. Viver nas estradas é difícil, e muito arriscado. Eles encontram Tyresse, um dos meus personagens favoritos, que se une ao grupo, junto de sua filha e o namorado dela.
Em uma das noites dormindo ao ar livre, Lori conta a Rick que ela está grávida. E aí amiguinhos, de quem é o filho? A dúvida existe, e Rick não quer nem pensar nisso. Ele não culpa Lori por algo ter acontecido entre ela e o Shane, afinal, o mundo tinha acabado, e ele estava praticamente morto... Shane foi o porto seguro que salvou Lori e Carl, e Rick não consegue sentir
raiva de Lori. Mas mesmo assim, isso tem certo impacto sobre ele.
O grupo encontra, então, o fatídico condomínio. O inverno deixa os zumbis lentos, e com o frio da noite, nenhum deles deu as caras. Sem saber, o grupo se instalou em um verdadeiro ninho de mortos-vivos.
Com a aparente segurança do lugar, relacionamentos começam a se desenrolar, e uma certa esperança de recomeço começa a encher os corações do grupo. Dale e Andrea começam a se relacionar, e Tyresse com Carol. Mas é Donna quem está mais otimista. E é justo ela a ser brutalmente atacada.
O grupo tem que sair do lugar de forma desesperada, deixando Donna para trás, sendo devorada. Allen é claro, e fatalmente afetado pelo ocorrido. Nossos personagens tornam-se então, um grupo vagante, cada vez mais no limite, cada vez mais complicada a situação.
Até que em uma tarde de caça, Carl é atingido por um tiro. O disparo, feito por acidente por um cara chamado Otis. Mas o menino ainda vive, e o desesperado Otis diz que conhece um médico que pode salvar sua vida.
E aí começa o arco que na série afastou muita gente, o arco da fazenda. Se na série a coisa demora, e enrola em probleminhas, na hq ela é direta e objetiva, levando poucos capítulos para contar o que tem para contar.
Somos apresentados a Hershel e toda sua família, de onde só me lembro da Maggie, que já de cara sente interesse pelo Glen. A fazendeiro, se não me engano era veterinário, mas seus conhecimentos são o suficiente para salvar Carl.





Hershel era um cristão, que ainda não havia perdido sua fé, nem sua humanidade. Ele acreditava que as coisas iriam se resolver, e que eventualmente uma cura iria surgir. Por isso, ele se recusava a matar os zumbis, mas os mantinha presos em um celeiro, para que quando a cura fosse descoberta, essas pessoas pudessem ser salvas.
Um tolo? Você pode realmente chama-lo de tolo? Um homem que escolheu ainda manter esperança no meio de tanta desgraça? A ideia dele pode não ser uma boa escolha para se fazer em meio a um mundo onde se deve lutar para se sobreviver, mas ele se agarrou a essa esperança, para se
manter são. Enquanto uns enlouqueceram, ele se agarrou na esperança;
Mas é claro que suas escolhas cobraram um preço. As diferenças ideológicas entre Hershel e Rick se colidem a todo momento, e culminam quando discutem sobre o celeiro. A situação degringola quando os mortos presos saem do controle, e causam a morte de alguns dos filhos de Hershel.
Mesmo que a situação tenha sido controlada, os danos foram feitos. E Hershel começa a desejar que Rick e seu grupo partam de uma vez, já que Carl melhorou. Depois de muita discussão e tensão, Rick concorda que o melhor seria deixar a fazenda, e voltar a estrada.


Isso derruba imensas dificuldades sobre eles, que além de não terem um lugar seguro para
passarem a noite, não estão conseguindo encontrar alimentos. Uma cena de impacto, quando eles estão reunidos a beira da fogueira, Sophia ainda com fome, pede mais comida, e Carol é obrigada a dizer que não há mais comida. Rick fica horrorizado ao ver isso, e parte em uma busca desesperada por algo que os salve.
E ele encontra. Uma prisão, com enormes cercas, e um generoso estoque de suprimentos. A salvação do desespero. E o grupo não sairia o mesmo daquelas cercas. O que estaria por vir, os mudaria para sempre...



Nos vemos na parte três!
Twd - Um lugar que seja seguro Twd - Um lugar que seja seguro Reviewed by Jyuuken Cronicaex on 11:28:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.